Notícias

Cautelar da Anatel antecipa R$ 4 bilhões de investimentos das teles



A Anatel autorizou nesta quinta-feira (2) a venda de chips e acessos de serviços pelas operadoras TIM, Oi e Claro em todos os estados a partir de amanhã (3), acabando com a suspensão imposta há 11 dias por medida cautelar. A liberação ocorreu depois da aprovação dos planos de ações das operadoras, que preveem investimentos de R$ 20 bilhões até 2014, sendo que R$ 4 bilhões serão usados para atender as falhas detectadas pela agência na cautelar.

Os planos estão focados em quatro pontos básicos. O primeiro diz respeito a parâmetros de rede, que levam em conta a melhoria da taxa de acesso a rede de voz e dados; taxa de queda de chamadas de voz e conexões de dados; congestionamento em rotas de longa distância e níveis de bloqueios. O segundo ponto diz respeito a atendimento, e prevê a redução da taxa de reclamação na prestadora e da taxa de reclamação dos usuários na Anatel, com ênfase nos motivos relacionados à qualidade de rede. O terceiro ponto prevê medidas contra a interrupção do serviço celular, levando em consideração seu quantitativo, duração média e causas.

O cumprimento dos planos será acompanhado pela Anatel que, em três meses, divulgará as medições feitas. Caso não atinjam as metas, as operadoras poderão ser penalisadas com nova suspensão da comercialização dos serviços, informou o presidente da agência, João Rezende.

A punição foi imposta às operadoras no dia 23 de julho. A TIM ficou impedida de vender em 18 estados (Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rodônia e Tocantins), além do Distrito Federal. A operadora se comprometeu a investir R$ 8,2 bilhões até 2014.

A Oi ficou sem vender serviços em cinco estados (Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul) e anunciou investimentos de R$ 5,5 bilhões para a melhoria do serviço móvel em três anos. E a Claro, proibida em três estados (Santa Catarina, Sergipe e São Paulo), investirá R$ 6,3 bilhões no período.

Fonte: http://telesintese.com.br/index.php/indice-geral-plantao-em-destaque/20169-cautelar-da-anatel-antecipa-r-4-bilhoes-de-investimentos-das-teles